O FGV CENN

Por Tales Andreassi, coordenador do FGVcenn

O Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (FGVcenn) completa 10 anos em 2014. Criado em junho de 2004, o FGVcenn tem a missão de construir uma cultura empreendedora na Fundação Getulio Vargas e contribuir para o processo de geração de riqueza no Brasil. Para isso, o Centro reúne pesquisadores de formações diversas para estudar e propagar conhecimento sobre empreendedorismo de forma multidisciplinar, independente e de acesso público.

Um dos 16 centros atuantes na Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), o FGVcenn é reconhecido como um centro de excelência sobre empreendedorismo e vem realizando, nesses 10 anos de atividades, uma série de eventos, workshops, competições de planos de negócios, concursos, congressos e pesquisas, a maioria deles oferecida gratuitamente a um público interno e externo à FGV.

Dentre os principais projetos do Centro estão o relatório GEM (Global Entrepreneurship Monitor), pesquisa de âmbito mundial em que o FGVcenn é parceiro institucional do IBQP, enriquecendo o conteúdo da pesquisa com análises acadêmicas, as competições de planos de negócios, cujos ganhadores competem na Universidade de Austin, no Texas; o projeto 10.000 Women, patrocinado pela Fundação Goldman Sachs, que já ofereceu treinamento gratuito em gestão para mais de 350 mulheres empreendedoras; a Semana do Empreendedorismo, no mês de maio, e a Semana Global, no mês de novembro, trazendo empreendedores de renome para contar suas experiências ao público do FGVcenn; o projeto Estágio em Startup, que proporciona oportunidade para que nossos alunos estagiem junto a empreendedores; a parceria com a Virada Empreendedora, um dos principais eventos de empreendedorismo do Brasil, que é acolhido nas dependências físicas da FGV, entre muitos outros.

Em 2014, para celebrar os 10 anos do FGVcenn, o centro organizou duas áreas para tratar de dois temas muito atuais em empreendedorismo. A área de Empreendedorismo Social, que tem à frente os professores Edgard Barki, Tania Limeira e Marcelo Aidar e a área de Family Business, composta pelos professores Marcelo Binder e Marcelo Aidar. Oportunamente serão divulgadas as iniciativas relacionadas a essas duas novas áreas do FGVcenn.

O FGVcenn acredita que os empreendedores são agentes de transformação na sociedade e, por esta razão, procura incentivá-los, despertando seu potencial criativo e inovador e aperfeiçoando processos de negócios e a busca de oportunidades para aumentar as chances de êxito. Ao difundir conhecimento de qualidade e apoiar atividades empreendedoras, o FGVcen atua como uma ponte entre a FGV e a sociedade e contribui para o desenvolvimento social e econômico do país. Participe você também, venha fazer parte da história do FGVcenn nos próximos 10 anos. 

 MISSÃO

  • Construir uma cultura de empreendedorismo na FGV-EAESP
  • Gerar, utilizar e difundir conhecimento sobre empreendedorismo tanto internamente quanto externamente à FGV.

VISÃO

  • Fortalecer o estudo do empreendedorismo na FGV - EAESP, fazendo dela centro de referência no Brasil
  • Ser reconhecido como um centro de excelência no apoio ao público FGV voltado ao empreendedorismo
  • E estar na vanguarda das transformações em busca de oportunidades no campo do empreendedorismo no Brasil.

Objetivos acadêmicos

  • Criar o conceito FGV – EAESP de Empreendedorismo
  • Gerar pesquisas e publicações sobre o tema
  • Criar um acervo de conhecimento sobre o tema Empreendedorismo
  • Despertar nos alunos a visão empreendedora e oferecer novos cursos em todos os níveis em que a Escola atua
  • Contribuir para aumentar ainda mais o prestígio da FGV–EAESP, alcançando o reconhecimentnacional e internacional de ser um centro de excelência no estudo do Empreendedorismo.

Objetivos em relação às organizações

  • Contribuir para acelerar o crescimento de organizações pela melhor utilização de idéias inovadoras de seus colaboradores empreendedores
  • Capacitar pessoas vinculadas a micro e pequenas empresas, visando aumentarseu índice de sobrevivência
  • Apoiar empresas familiares no processo de sucessão do empreendedor original
  • Transferir conhecimento a pessoas que têm condições de criar novas organizações, para aumentar suas chances de êxito.

Objetivos em relação à sociedade

  • Acelerar o processo de geração de riqueza do País pelo bom aproveitamento das ideias de seus cidadãos
  • Aumentar a oferta de empregos
  • Alcançar um melhor grau de qualidade de vida dos cidadãos brasileiros